e-ISSN: 2446-4775 | ISSN: 1808-9569

Contribuindo para o conhecimento científico sobre Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação em biodiversidade e saúde.

Capa Revista Fitos

Seja um assinante Fitos

Assine a Revista Fitos e receba os lançamentos em seu email.

Assinar

  • Resumo

    O objetivo deste estudo foi selecionar artigos de dois produtos naturais própolis e Aroeira (Myracrodruon urundeuva), que apresentassem ação anti-inflamatória na odontologia. Acessou-se a base de dados PubMed, entre os meses de Abril a Agosto de 2015. Os descritores utilizados nas buscas foram “Anti-Inflammatory AND Propolis” AND “Anti-Inflammatory AND M. urundeuva”, não sendo estabelecidos limites quanto ao idioma, tipo ou ano de publicação dos artigos, porém foram selecionados apenas os estudos com aplicação de produtos naturais pesquisados com atividade anti-inflamatória na Odontologia. Foram obtidos 207 artigos, e após análise minuciosa realizada por dois avaliadores, 193 foram excluídos, 154 não estavam adequados ao tema, 35 correspondentes a revisões e 4 não foram encontrados na versão completa. Ao final, foram incluídos 14 artigos, da Própolis (n=12) e da M urundeuva (n=02). Tanto a própolis quanto aroeira apresentou atividade anti-inflamatória eficaz na Odontologia. A própolis atuou sobre micro-organismos ligados à cárie, nas infecções endodônticas prevenindo edemas, aliviando complicações relacionadas às próteses, como mucosite. A própolis apresenta efeito benéfico contra cárie dental, tratamento endodôntico e mucosite. Já a aroeira do sertão atua prevenindo a progressão da periodontite. Futuros estudos deverão ser conduzidos, envolvendo seus compostos e mecanismos de ação na inflamação.

    Artigo

    Texto completo

    HTML
    PDF

    Palavras-chave

    Cárie dental. Plantas medicinais. Própolis. Perda do osso alveolar
  • Referências

    AGHEL, S.; POURAMIR, M.; MOGHADAMNIA, A. A.; MOSLEMI, D.; MOLANIA, T.; GHASSEMI, L.; MOTALLEBNEJAD, M. Effect of Iranian propolis on salivary total antioxidant capacity in gamma-irradiated rats. Faculty of Dentistry, Tabriz University of Medical Sciences, Journal of Dental Research Dental Clinic Dental Prospect, Irã, v.8, n.4, p. 235-239. 2014. ISSN 2008-2118.

    AL-SHAHER, A.; WALLACE, J.; AGARWAL, S.; BRETZ, W.; BAUGH, D. Effect of propolis on human fibroblasts from the pulp and periodontal ligament. Elsevier. Journal of Endodontics, USA, v.30, n.5, p.359-361. 2004. [CrossRef] [PubMed].

    BARRIENTOS, L.; HERRERA, C. L.; MONTENEGRO, G.; ORTEGA, X.; VELOZ, J.; ALVEAR, M.; CUERVAS, A.; SAAVEDRA, N.; SALAZAR, L. A. Chemical and botanical characterization of Chilean propolis and biological activity on cariogenic bacteria Streptococcus mutans and Streptococcus sobrinus. UFRJ, Brazilian Journal of Microbiology, Rio de Janeiro, v. 44, n.2, p. 577-585, 2013. [CrossRef] [PubMed]. ISSN 1678-4405.

    BARTH, O.M. Melissopalynology in Brazil: a review of pollen analysis of honeys, propolis and pollen loads of bees. Sciencia Agricola, Piracicaba, v. 61, n.3, p. 342-350, 2004. [CrossRef]. ISSN 1678-992X.

    BOTELHO, M.A.; RAO, V.S.; CARVALHO, C.B.M.; BEZERRA-FILHO, J.G.; FONSECA, S.G.C.; VALE, M.L.; MONTENEGRO, D.; CUNHA, F.; RIBEIRO, R.A.; BRITO, G.A. Lippia sidoides and Myracrodruon urundeuva gel prevents alveolar bone resorption in experimental periodontitis in rats. Elsevier, Journal of Ethnopharmacology, USA, v.113, n.3, p.471-478. 2007. [CrossRef] [PubMed]. ISSN: 0378-8741.

    BOTELHO, M.A.; RAO, V.S.; MONTENEGRO, D.; BANDEIRA, M.A.M.; FONSECA, S.G.C.; NOGUEIRA, N.A.P.; RIBEIRO, R.A.; BRITO, G.A.C.B. Effects of a herbal gel containing Carvacrol and Chalcones on Alveolar Bone Resorption in Rats on Experimental Periodontitis. Wiley. Phytotherapy Research, USA, v. 22, p. 442-449, 2008. [CrossRef] [PubMed].

    BUENO-SILVA, B.; KOO, H.; FALSETTA, M.L.; ALENCAR, S.M.; IKEGAKI, M.; ROSALEN, P.L. Effect of neovestitol-vestitol containing Brazilian red propolis on accumulation of biofilm in vitro and development of dental caries in vivo. Taylor & Francis, Biofouling, USA, v. 29, n.10, p.1233-1242, 2013. [CrossRef] [PubMed]. ISSN: 1029-2454.

    BÚFALO, M.C.; FERREIRA, I.; COSTA, G.; FRANCISCO, V.; LIBERAL, J.; CRUZ, M.T.; LOPES, M.C.; BATISTA, M.T.; SFORCIN, J.M. Propolis and its constituent caffeic acid suppress LPS-stimulated pro-inflammatory response by blocking NF-κB and MAPK activation in macrophages. Elsevier, Journal of Ethnopharmacology, v.26, n.149 (1), p. 84-92, 2013. [CrossRef] [PubMed]. ISSN: 0378-8741.

    CESCHEL, G.C.; MAFFEI, P.; SFORZINI, A.; BORGIA, S.L.; YASIN, A.; RONCHI, C. In vitro permeation through porcine buccal mucosa of caffeic acid phenetyl Ester (CAPE) from a topical mucoadhesive gel containing propolis. Elsevier. Fitoterapia, USA, v.73, S1: S44-S52, 2002. [CrossRef] [PubMed].

    KOO, H.; GOMES, B. P. F. A.; ROSALEN, P. L.; AMBROSANO, G. M. B.; PARK, Y. K.; CURY, J. A. In vitro antimicrobial activity of propolis and Arnica montana against oral pathogens. Elsevier. Archives of Oral Biology, USA, v.45, p.141-148, 2000. ISSN: 0003-9969. [CrossRef] [PubMed].

    LEITÃO, D.P.S.; SILVA FILHO, A.A.; POLIZELLO, A.C.M.; BASTOS, J.K.; SPADARO, A.C.C. Comparative Evaluation of in-Vitro Effects of Brazilian Green Propolis and Baccharis dracunculifolia Extracts on Cariogenic Factors of Streptococcus mutans. Biological and Pharmaceutical, Japan, v.27, n.11, p.1834-1839, 2004. ISSN: 1347-5215. [CrossRef][PubMed]

    LIBERIO, A. S.; PEREIRA, A. L. A.; DUTRA, R. P.; REIS, A. S.; ARAÚJO, M. J.A. M.; MATTAR, N. S.; SILVA, L.A.; RIBEIRO, M. N. S.; NASCIMENTO, F. R. F. N.; GUERRA, R. N. M.; MONTEIRO-NETO, V. Antimicrobial activity against oral pathogens and immuno modulatory effects and toxicity of geopropolis produced by the stingless bee Melipona fasciculata Smith. Complementary and Alternative Medicine, USA, v.11, p. 1-10, 2011. [CrossRef] [PubMed].

    MARICKAR, R.F.; GEETHA, R.V.; NEELAKANTAN, P. Efficacy of contemporary and novel intracanal medicaments against Enterococcus faecalis. Journal of Clinical Pediatric Dentistry, USA, v.39, n.1, p. 47-50, 2014. ISSN: 1053-4628. [CrossRef].

    MONTEIRO, J. M.; ALBUQUERQUE, U. P.; LINS NETO, E. M. F.; ARAÚJO, E. L.; ALBUQUERQUE, M. M.; AMORIM, E.L.C. The effects of seasonal climate changes in the Caatinga on tannin levels in Myracrodruon urundeuva (Engl.) Fr. All. and Anadenanthera colubrine (Vell.) Brenan. SciELO. Brazilian Journal of Pharmacognosy, Curitiba, v. 16, p. 338-344, 2006. ISSN 1981-528X. [CrossRef].

    MOTA, D. Boas Novas na Colmeia. Disponível em: <http://www1.folha.uol.com.br/fsp/equilibrio/eq1310200505.htm>. 2005.

    RAMOS, I. F. A. Z.; BIZ, M. T.; PAULINO, N.; SCREMIN, A.; DELLA BONA, A.; BARLETTA, F.B.; FIGUEIREDO, J. A. P. Histopathological analysis of corticosteroid-antibiotic preparation and propolis paste formulation as intracanal medication after pulpectomy: in vivo study. SciELO. Journal of Applied Oral Science, Bauru, v.20, n.1, p. 50-56, 2012. ISSN 1678-7757. [CrossRef].

    SANTOS, V. R.; GOMES, R. T.; MESQUITA, R. A.; MOURA, M. D. G.; FRANÇA, E. C.; AGUIAR, E. G.; NAVES, M. D.; ABREU, J. A. S.; ABREU, S. R. L. Efficacy of Brazilian propolis gel for the management of denture stomatitis: a pilot study. Wiley. Phytotherapy Research, USA, v. 22, p.1544-1547, 2008. [CrossRef].

    SILVA, F. B.; ALMEIDA, J. M.; SOUZA, S. M. G. Natural medicaments in endodontics-a comparative study of the anti-inflammatory action. SciELO. Brazilian Oral Research, v.18, n.2, p. 174-179, 2004. ISSN 1807-3107. [Link].

    VIANA, G. S. B.; BANDEIRA, M. A. M.; MATOS, F. J. A. Analgesic and anti-inflammatory effects of chalcones isolated from Myracrodruon urundeuva Allemao.Elsevier. Phytomedicine, USA, v.10, n. 2-3, p. 189-195, 2003. ISSN: 0944-7113. [CrossRef].

  • Histórico do artigo

    • Data de submissão:
    • Data de publicação:
  • Licença


    1. DIREITOS CEDIDOS - A cessão total não exclusiva, permanente e irrevogável dos direitos autorais patrimoniais não comerciais de utilização de que trata este documento inclui, exemplificativamente, os direitos de disponibilização e comunicação pública da OBRA, em qualquer meio ou veículo, inclusive em Repositórios Digitais, bem como os direitos de reprodução, exibição, execução, declamação, recitação, exposição, arquivamento, inclusão em banco de dados, preservação, difusão, distribuição, divulgação, empréstimo, tradução, dublagem, legendagem, inclusão em novas obras ou coletâneas, reutilização, edição, produção de material didático e cursos ou qualquer forma de utilização não comercial.

    2. AUTORIZAÇÃO A TERCEIROS - A cessão aqui especificada concede à FIOCRUZ - FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ o direito de autorizar qualquer pessoa – física ou jurídica, pública ou privada, nacional ou estrangeira – a acessar e utilizar amplamente a OBRA, sem exclusividade, para quaisquer finalidades não comerciais, nos termos deste instrumento.

    3. USOS NÃO COMERCIAIS - Usos não comerciais são aqueles em que a OBRA é disponibilizada gratuitamente, sem cobrança ao usuário e sem intuito de lucro direto por parte daquele que a disponibiliza e utiliza.

    4. NÃO EXCLUSIVIDADE - A não exclusividade dos direitos cedidos significa que tanto o AUTOR como a FIOCRUZ - FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ ou seus autorizados poderão exercê-los individualmente de forma independente de autorização ou comunicação, prévia ou futura.

    5. DIREITOS RESERVADOS - São reservados exclusivamente ao(s) AUTOR(es) os direitos morais sobre as obras de sua autoria e/ou titularidade, sendo os terceiros usuários responsáveis pela atribuição de autoria e manutenção da integridade da OBRA em qualquer utilização. Ficam reservados exclusivamente ao(s) AUTOR(es) e/ou TITULAR(es) os usos comerciais da OBRA incluída no âmbito deste instrumento.

    6. AUTORIA E TITULARIDADE - O AUTOR declara ainda que a obra é criação original própria e inédita, responsabilizando-se integralmente pelo conteúdo e outros elementos que fazem parte da OBRA, inclusive os direitos de voz e imagem vinculados à OBRA, obrigando-se a indenizar terceiros por danos, bem como indenizar e ressarcir a FIOCRUZ - FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ de eventuais despesas que vierem a suportar, em razão de qualquer ofensa a direitos autorais ou direitos de voz ou imagem, principalmente no que diz respeito a plágio e violações de direitos.

    7. GRATUIDADE - A cessão e autorização dos direitos indicados e estabelecidos neste Instrumento será gratuita, não sendo devida qualquer remuneração, a qualquer título, ao autor e/ou titular, a qualquer tempo.

Feedback